quarta-feira, 11 de maio de 2011

Fauna Europeia aqui em casa.




Durante estes dias de primavera tenho como em todos os anos avistados imensas aves que por aqui rondam, desde verdilhões, piscos de peito ruivo, carriças, melros, poupas, pegas, corvos, entre outros mais conhecidos e outros que não sei a especie, mas o que me leva a postar esta mensagem é que tenho avistado um casal, o qual não sei a especie sempre pelas arvores que tenho em frente ao viveiro da passarada. Hoje andava eu a arrumar uns materiais debaixo dessas arvores e penso que por ter tocado com um ferro na arvoré caiu-me 2 passaritos aos meus pés.

Nesse instante vi logo que eram aves jovens, ainda com algumas plumas. Analisei as arvores, e reparei num ninho mesmo ao cimo duma ameixoeira, coloquei uma escada e voltei a coloca-los no ninho. Passado umas horas encontro outro passaro no chão, la pensei que tinham caido de novo, novamente a escada, toca a colocar os passaritos lá em cima, chego ao cimo e tinha la os outros dois que tinha colocado. Bem, agora já são 3, ao colocar o terceiro os outros dois mandam-se a baixo do ninho, pouco voam, voltei a apanha-los, e ao coloca-los eles voltam atirar-se, ou seja, passei umas horitas de volta deles...

Lembrei-me de coloca-los numa gaiola pequena, junto ao ninho, de forma a que os pais os alimentem, pois pelo tamanho deles, cria-los a mão é muito complicado devido a eles não aceitarem a comida. Lá ficaram eles e passado 30 min lá estava ou a mãe ou o pai a dar-lhe de comer.

Pouco depois encontrei outro, devido a um gato andar surrateiro devolta das flores, consegui apanha-lo mas estava ferido, tratei dele, e coloquei-o junto dos irmaõs. Bem parece que a ideia da gaiola pelo menos vai servir para os gatos não os comerem.

Isto tudo porque não conhecendo a especie, precisava de opiniões relativamente a estas aves, idade deles, se devo fornecer-lhes algum alimento, não sei se o modo como procedi foi correcto ou não, mas preferi deixa-los na gaiola do que na boca dos gatos ou ratos. Tenho receio é que os pais os rejeitem, apesar de já os ver alimenta-los, ou pelo menos aparentava, pois outra questão é os país conseguem alimenta-los atraves das grades?








Não me parecem pardais da Eira, ou pardal comum, pois pelo que vi dos pais ambos apresentam penas amarelas. A ideia é solta-los quando conseguirem voar.

video


Um pequeno video dos supostos país, penso eu, a 15m do ninho.

1 comentário:

Anónimo disse...

boas os passaros que cairam do ninho e o senhor meteu na gaiola sao Milheirinha veija este site que lhe mostrara os passaros quando o senhor nao souber as especies

http://www.bird-songs.com/indexpt.htm

cump :D